SOL Figueiredo
Enquanto sonhas acordado. Apagarei meu passado. Do sentimento retratado. A cada poema tão destilado!
Textos
Título
Categoria
Data
Leituras
Crônicas
14/06/14
41